5 erros que devem ser evitados na hora de reformar a cozinha

A reforma da cozinha é um processo que pode parecer difícil, mas oferece inúmeras vantagens. Com a renovação do cômodo, você pode desfrutar de um espaço melhor aproveitado, mais funcionalidade, modernização e estilo, além de um ambiente mais aconchegante. No entanto, se não houver planejamento, a transformação pode ocasionar problemas.

Por isso trouxemos do Blog da Eliane Revestimentos, dicas para que você não cometa nenhum erro durante a construção ou reforma da sua cozinha.

Confira os 5 erros mais comuns que devem ser evitados na hora de reformar a cozinha.

1º: Escolha do piso

Um dos erros mais comuns é optar pelo piso laminado, material que não pode ser molhado. Considerando que, na cozinha, inevitavelmente, haverá respingos de líquidos, alimentos e gordura, é ideal que o piso possa ser lavado com frequência. Mais que combinar com a decoração do ambiente, o piso para cozinha precisa ser fácil de limpar e deve ser indicado para áreas úmidas. Por isso, cuidado com a escolha do material e do modelo!

Pisos vinílicos são permitidos nesses casos, mas é importante optar por versões específicas para áreas úmidas. Os modelos mais indicados são: piso cerâmico, porcelanato, ladrilho hidráulico, cimento queimado, epóxi e granito.

(referência: https://www.eliane.com/produtos/marmo-branco-po-120×120/) Chão: Marmo Branco PO 120x120cm, Bancada: Marmo Branco PO 120x240cm, e Parede: Hexa Branco AC 325x59cm

Fique atento à instalação do produto, que precisa ser feita com cuidado e profissionalismo, para que não haja infiltrações, pisos soltos e outros problemas a longo prazo.

2º: Escolha do revestimento de parede

 O revestimento de parede tem funções fundamentais na cozinha: decorar e facilitar a limpeza. Mesmo assim, é muito comum lembrar apenas da parte estética, esquecendo-se de observar a funcionalidade do produto.

Revestimentos como madeiras sem tratamento e pedras porosas como o mármore, que costumam ter fissuras e romper-se com facilidade, não são indicados para cozinhas, já que não são práticos para limpeza.

Especialmente na cozinha, a parede está diretamente em contato com vapores, gorduras, respingos de alimentos e líquidos. Por isso, o mais indicado é apostar em revestimentos de parede que sejam fáceis de limpar e não sofram com a umidade.

Os mais recomendados são os revestimentos de cerâmica, as pastilhas de vidro e os porcelanatos. Além de oferecerem fácil higienização, muitos modelos imitam texturas como madeira, cimento queimado e pedras nobres, por isso, são excelentes para compor a decoração da cozinha.

Uma vantagem interessante é que alguns pisos podem ser aplicados também nas paredes da cozinha, como os cerâmicos, resistentes a fungos e de fácil instalação.

Vale ressaltar que, além do aspecto funcional, é importante também que o revestimento de parede combine com os demais elementos da cozinha, de forma que as tonalidades ou estampas gerem harmonia no ambiente.

3º: Espaço para os armários

 Itens indispensáveis, os armários de cozinha exigem alguns cuidados no momento da escolha. Um dos erros mais comuns em uma reforma de cozinha é selecionar os armários sem considerar as dimensões com portas e gavetas abertas.

Isso ocasiona uma série de transtornos, já que é fundamental analisar as medidas do espaço e da área disponível para os armários, além dos elementos ao redor, garantindo que haja espaço suficiente para a abertura de portas e gavetas, principalmente em cozinhas pequenas.

Outros fatores essenciais para a escolha dos armários de cozinha são a quantidade de moradores, a necessidade de armazenamento, o tipo de armário e os materiais de que são feitos.

Os armários modulados são opções de baixo custo e atendem a diferentes demandas, já que são fabricados em medidas-padrão, permitindo que a cozinha seja montada conforme as necessidades. Já os móveis planejados são produzidos sob medida para cada ambiente, por isso, têm um valor mais alto.

Por fim, é importante definir o tipo de material utilizado no armário. A madeira é o mais comum, mas há detalhes que podem contribuir para modernizar o cômodo, como portas de vidro ou puxadores de metal.

4º: Disposição dos eletrodomésticos

 A disposição dos eletrodomésticos em reformas de casas é outra tarefa que, se não for cumprida adequadamente, pode causar transtornos e prejudicar a funcionalidade da cozinha.

Um detalhe que pode passar despercebido no posicionamento dos eletrodomésticos no cômodo é a localização das tomadas. Essa é uma condição básica para o funcionamento da cozinha e abusar do uso de adaptadores pode trazer sérios riscos com a sobrecarga de energia.

Seja qual for o estilo da sua cozinha, a disposição mais comum dos elementos é em triângulo, sendo que os vértices devem ser o fogão, a pia e a geladeira.

A partir deles, são posicionados outros itens, como micro-ondas, forno e coifa.

Para cozinhas compactas, uma boa opção é apostar em eletrodomésticos de embutir, como fogões, cooktops e fornos elétricos, considerando sempre a quantidade e a necessidade dos moradores.

5º: Funcionalidade da iluminação

 Em uma reforma de cozinha, é comum que a iluminação não seja prioridade na hora do planejamento, mas isso pode ser muito prejudicial. A funcionalidade do cômodo depende de uma luz adequada, que torne prática e fácil a execução das tarefas.

Neste caso, é fundamental reforçar a iluminação em pontos específicos, como a pia e a bancada. Vale apostar em lâmpadas LED, por exemplo, que são mais duráveis e eficientes.

(referência: https://www.eliane.com/produtos/onix-cristal-po-90×90/) Miro e Carvalho Arquitetura Ônix-Cristal 90x90cm foto: Marcelo Stammer

De forma geral, devem ser instaladas luzes brancas, que são mais intensas e indicadas para ambientes como a cozinha. No entanto, é importante valorizar a iluminação natural, evitando elementos que barrem a entrada de luz e ventilação.

Ficou mais fácil fazer a reforma de cozinha depois dessas dicas? Compartilhe nossas ideias e ajude outras pessoas a planejarem adequadamente a transformação de seus espaços!

Você encontra muitas opções aqui no Zago Casa e Construção. Estas e outras dicas podem ser encontradas aqui e também no blog da Eliane. 

Fonte: (https://www.eliane.com/5-erros-para-evitar-na-reforma-da-cozinha/)

Compartilhe nas suas redes

Deixe um comentário

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.